domingo, 13 de setembro de 2009

SANGRA O LUAR...

Em teu pescoço suave escorre a noite
embriaga-me o néctar da vida Eterna
alma tua percorrendo minhas eras

Grito lascivo uiva ao infinito
em carne tua meus caninos enterram-se
Saciados sonhos, tristezas, quimeras

De fome, febre e sede, sangra o Luar...
Estremece a noite: deslumbrante rubi!


Tânia Souza

quinta-feira, 23 de julho de 2009

FARTO


"Farto de ver. A visão que se reecontra em toda parte.
Farto de ter. O ruído das cidades, à noite, e ao sol, e sempre.
Farto de saber. As paradas da vida. - Ó Ruídos e Visões!
Partir para afetos e rumores novos."

( Arthur Rimbaud )

DUBLÊ


"No teu lugar eu me notava, depois me aproximava e insistindo me convidava pra seres o meu melhor amigo. Em seguida, me apaixonava, logo depois me beijava e, por fim, me amava pelo resto da minha vida."

(JJLeal)